““Como poderás caminhar junto a ele se tuas vestes estão salpicadas dos fáceis desejos teus?”. (VELOSO, Arthur)

Os Ciclos da Vida

 

Existem ritmos extrínsecos  – fora do organismo – e aqueles que estão no próprio organismo. Os três biorritmos primários clássicos: Físico, Emocional e Intelectual são de natureza intrínseca, modos do organismo interagir com o mundo exterior; ritmos ligados às capacidades física e psíquica do ser. Existe um ritmo extrínseco – ritmo semanal – estudado na palestra anterior o qual não é intrínseco ao organismo, são condições siderais diante das quais o organismo reage de determinada forma.

           

Seria necessário escrever um tratado para explicar as leis que regem ritmos que atuam sobre o organismo. Não é este, porém, o nosso propósito nessas palestras, em que apenas queremos mostrar que a pessoa vive sob a regência de alguns ritmos e que é importante ela ter conhecimento – pelo menos saber – da existência dos mais importantes deles, a fim de que possa utilizá-los para uma vida melhor e um desenvolvimento espiritual mais rápido, sem se tornar vitima de alguns deles.

           

Quando se fala de ritmos é bom que se tenha em mente que eles não são fantasias cuja determinação e cálculos apenas pertencem ao campo das artes adivinhatórias ou mágicas. Eles têm respaldo científico pois têm como base leis que dependem dos movimentos da Terra e das diferentes condições que se estabelecem em decorrência dos movimentos dos planetas no espaço. São resultantes de combinações de forças gravitacionais e de outras; das interações Sol - Terra - Lua, etc. Também não se trata de Astrologia, que é algo um tanto diferente.

           

Uma indagação que pode surgir: se uma pessoa estiver num ciclo positivo para uma determinada atividade segundo o ciclo diário e o inverso no biorritmo primário, neste caso o que acontece? - A condição resultante será correspondente a uma soma algébrica, os valores somam-se ou se subtraem, mas há pesos diferentes para os diversos ritmos. O Biorritmo Primário, por exemplo, tem mais peso do que o Ritmo Semanal e outros. Quando se deseja um resultado mais preciso deve-se estudar não apenas um ritmo isolado, mas os principais deles. Num momento uma condição pode estar baixa num dos ritmos e alta noutro. O que prevalece num caso assim é o resultado da soma algébrica e a condição dos pesos equivalentes a cada um dos ritmos. Quando se deseja um resultado preciso é importante que sejam levados em conta os principais ritmos, os que mais pesam sobre o organismo.

           

Como são vários os ritmos que influenciam o organismo a pessoa tende a desanimar nos cálculos. Seria tedioso  e  até certo ponto inviável para uso prático, passar horas anotando, calculando e consultando tabelas. Mas tal coisa  não é preciso, pois as leis cósmicas básicas têm suas peculiaridades, entre elas a capacidade de se auto-revelarem intuitivamente ao místico experiente.

           

Quando falamos do esquema da “Árvore da Vida” dissemos que se conhecendo o esquema básico e o seu funcionamento, as coisas se enquadram e afloram automaticamente. As condições se revelam de uma forma automática. Também, numa palestra passada, dissemos que a comunicação entre os planos hiperfísicos tem como forma de intercomunicação a linguagem simbólica. Disso advém que depois da pessoa conhecer bem os princípios e os esquemas básicos, muitas coisas de nível espiritual e mental não mais requerem consultas a tabelas e esquemas. Os resultados simplesmente se apresentam no momento preciso sob a forma simbólica, ou diretamente como intuição, e consequentemente, coisa alguma precisa ser calculada. Os cálculos e consultas a tabelas só se fazem necessários no inicio do aprendizado, até o momento em que a mente se tornar devidamente condicionada a operar naquela área. Um místico avançado não faz cálculos e nem consulta tabelas, pois as conclusões lhes chegam sempre à tela mental no momento preciso, no lugar certo e da maneira exata.

           

Já falamos de alguns ciclos mas existem outros que julgamos importantes e, por isso, queremos citá-los sucintamente para que sejam usados como treinamento. Entre estes mencionamos o Ciclo Anual. No estudo desse ciclo deve-se considerar basicamente a data do nascimento da pessoa. O ano de 365 dias deve ser dividido por 7 obtendo-se os períodos. Cada período apresenta características específicas e resulta das respostas orgânicas às condições siderais, começando no momento do nascimento. O ciclo anual individual começa na data do nascimento e compreende 7 períodos, cada um com características próprias. Dividindo-se os 365 dias por 7 obtém-se períodos de aproximadamente 52 dias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PRIMEIRO PERÍODO:

 

Positivo para:

Consecução de favores e honras

Fazer sociedades com firmas, solicitar e conceder concessões especiais e liberações.

Melhorar o discernimento.

Progredir o eu pessoal o povo.

Receber reconhecimentos de pessoas importantes, governo juizes, prefeitos e governantes em geral.

Reconhecimentos de pessoas com altos cargos.

Solicitar adiantamentos, exonerações.

Solicitar favores, empregos, benefícios, empréstimos.

 

 

SEGUNDO PERÍODO

 

Positivo para:

Comprar casa nova.

Contratar novos empregados.

Excelente para quem trabalha com líquidos, produtos químicos, leite, etc.

Favorável a toda sorte de atividades  com coisas  moveis, coisas  que não tenham lugares fixos.

Iniciar projetos agrícolas.

Lidar com força hidroelétrica.

Lidar com hospedes, passageiros.

Movimento de cartas

Mudar de casas, transferir o negocio para outro local.

Mudar de trabalho.

Negócios de caráter flutuante, com pessoas que passem ou que se movimentem constantemente.

Negócios de entrega rápida.

Planos de viagens especialmente as que não sejam longas, mais de um ano.

Propicio para mudanças que terminem logo.

 

Negativo para:

Construir prédios.

Dar inicio a uma nova carreira comercial

Emprestar dinheiro e fazer empréstimo.

Especulações na Bolsa de Valores.

Formar algo de caráter permanente.

Mudança de negócio

Mudar de casa

Tudo o que for começado neste período só deve ser terminado depois.

 

 

TERCEIRO PERÍODO:

 

Positivo para:

Dar inicio a qualquer coisa que tenha começado com ímpeto e vibrar  no ciclo anterior.

Dominar obstáculos e condições dos períodos anteriores.

Excelente para lidar para ligar compromissos que envolvem grande energia, exercícios. Ciosas como fábricas de material pesado, etc.

Magnífico para as mulheres lidarem com os homens.

Período de grande impetuosidade (  útil quando bem dirigido )

Período em que a pessoa tem fortes impulsos  a executar coisas grandiosas. e imponentes.

Realização de tudo o que  envolve grande energia física, esforço, resistência, vitalidade, persistência e determinação. ( pode ser usado num sentido negativo ou positivo )

 

Negativo para:

Desentendimentos  comerciais.

Homens lidarem com as mulheres

Não há perspectiva de sucesso para situações em que se deve empregar oratória vibrante ou argumentos poderosos.

Período muito tendente a desentendimentos pessoais, discussões. Sujeito a desentendimentos entre sócios.

           

 

QUARTO PERÍODO:

 

Positivo para:

Atividades mentais e psíquicas ao invés da parte física como no anterior.

Escrever livros, peças teatrais, produções literárias, fazer projetos.

Fazer planos comerciais.

Para tudo o que requeira capacidade intelectual.

A mente está rica em  novas ideais

Período de grande fecundidade mental.

Agir por intuição, agir por impulsos intuitivos.

Captar idéias novas dando aplicações praticas

Caráter otimista

Riqueza de imaginação.

Lidar com literatos, repórteres, mensageiros e guarda-livros.

Os artista se tornam mais inspirados.

Otimismo

Desenvolver raciocínio rápido

Linguajar mais fluentes

 

Negativo para:

Evitar longas viagens.

Papeis, e, livros podem causar forte impressão  ( tudo deve ser cuidadosamente examinado e mesmo guardado para ser decidido depois).

Período sujeito a fraudes, falsificações, desfalques, infidelidade, enganos.

Pode ser vitimas de grandes enganos

 

 

QUINTO PERÍODO:

 

Positivo para:

Cobrar dinheiro

Comprar com finalidade de vender

Excelente para tratar com advogados, juízes,  pessoal do governo e do clero

Fase de gozo, de sucesso em tudo o que nos tem ocupado, planejado, procurando levar a cabo

Fase de êxito e sucesso nos assuntos pessoais

Iniciar ou renovar obras filosóficas, estudos metafísicos

Mente cheia de idéias elevadas

Pedir empréstimos

Período de expansão, crescimento e prosperidade

Bom para iniciar viagens

Preparar sermões conferenciais

Tratar com médicos, comerciantes ricos

Tratar de assuntos duvidosos e especulativos

 

 

SEXTO PERÍODO

 

Positivo para:

Época dos prazeres, divertimento, repouso e recreação

Favorável a pedidos de favores, acordos comerciais e cooperação do elemento feminino   (  o terceiro período é o mesmo para as mulheres em relação aos homens)

Oportuno para fazer visitas, para restaurar amizades

Tratar com mulheres ou para elas tratarem com os homens a respeito de coisas agradáveis

Tratar sobre arte, poesia, pintura, adornos pessoais, perfumes, incensos, flores e tudo o que alegra a vida

Períodos de festas ou feriados

Transações especulativas

Viagens curtas serão alegres , o contrário para viagens longas

 

 

SÉTIMO PERÍODO:

 

Positivo para:

As coisas dúbias chegam ao seu término.

Cautela nos negócios

Esplêndido para lidar com aterra, com imóveis, e tudo o que provem da terra.

Evitar viagens longas ou curtas.

Fase de desmoronamento do antigo para o ressurgimento do novo. 

Fase de involução.

Oportuno para interesse comercial relaciona com inventores, coisas mecânicas.

Período critico da vida

Período mais desfavorável para se dar início a coisas novas, iniciar novo negocio ou gastos em negócios, exceto se for com a finalidade de precaução.

Se é um negócio está correndo mal é nesse período que o fracasso pode ocorrer e o meios se desintegrar.

Tendência mental de pessimismo, melancolia, desalento.

A impulsividade diminui muito que está sujeito resultar em desastre. Os reflexos diminuem. A impulsividade pode neste período levar a pessoa a um desastre.

Todos os esforços estão sujeitos ao desmoronamentos

 

 

OS SETE PERÍODOS PODEM SER APLICADO À SAÚDE:

 

Período  UM

Saúde e vitalidade ao máximo. Tendência à recuperação da saúde

Proteger  os olhos, não expor muito ao sol.

 

Período DOIS

Arrependimento rápido de qualquer distúrbios, pois são facilmente demovidos.

Dores de cabeça, transtornos digestivos.

Indisposições temporárias do aparelho digestivo e circulatório. e sist. nervoso.

Tendência à depressão, compensar com atitudes positivas.

Tendência a doenças leves  e passageiras.

 

Período TRÊS

Cuidado com a alimentação, não comer demais.

Cuidado com a pressão arterial.

Evitar trabalho excessivo.

Muito propício a resfriados.

Sujeito a queimaduras

Tendência a acidentes.

           

Período QUATRO

A irritabilidade e nervosismo podem afetar a digestão

Evitar trabalhos mentais excessivos.

Máxima atividade do sistema nervoso

Necessidade de mais sono.

Repousar após maiores atividades psíquicas.

Tendência a  arritmias cardíacas, palpitações.

Transtornos funcionais de vários órgãos.

           

Período CINCO

Período favorável à saúde.

Tendência a cometer excessos físicos.

Ideal para caminhadas.

Tendência a abusar  dos excessos físicos, tendência a comer em excesso, participar de banquetes, etc.com iguarias exóticas. Tudo deve ser evitado ou comedido nesse período

As sugestões mentais neste período tem efeito mais eficaz no corpo e na saúde

 

Período SEIS

Aconselhável beber muita água, evitar a fadiga mental ou excesso de trabalho.

Cuidados atenção contra os excessos de trabalho físico e mental, e no comer, ou prazeres a carne.

Susceptibilidade da garganta, pele, órgãos sexuais e afins.

 

Período SETE

Período tendente a início de doenças crônicas e renitentes, difíceis de curar

Deve-se precaver para evitar contágios

Diminuição da vitalidade

Período de menor eficácias dos medicamentos

Evitar cirurgias e tratamentos drásticos

Susceptibilidade dos órgãos dos sentidos

Cuidados com doenças crônicas

           

Apenas como referência, queremos dizer que existe um ciclo anual para os negócios. Não somente a pessoa está sujeita ao ciclo anual (sete períodos) como também os negócios em si. Cada período tem características próprias. É importante no sentido de que a pessoa pelo querer corrija a discrepância, empreendendo maiores cuidados e atividades.

 

           

O primeiro dia é aquele em que a pessoa ou grupos de pessoas se reuniram para decidir sobre um novo negócio. O dia da inauguração, o dia em que as portas são abertas ao público. O dia de compra de um negocio.

           

Para concluir, queremos evidenciar que os resultados não são implícitos às coisas em si, mas à pessoa. Por exemplo, não é o dia que é mau para negócio e sim a pessoa que está menos apta. Não é o dia que é doentio, e sim naquele dia a pessoa está mais susceptível; portanto não existe dia aziago, dia próprio e impróprio, e sim dia em que a pessoa está mais ou está menos apta para um determinado fim.

© 2016 José Laércio do Egito. Criado e mantido por Filipe Lima.